LIVROS | 2014

Abordagens etnográficas sobre educação. Adentrando os muros das escolas

GUEDES, Simoni Lahud; CIPINIUK, Tatiana Arnaud (Org.). Abordagens etnográficas sobre educação. Adentrando os muros das escolas. 1. ed. Niterói: Alternativa/ Faperj, 2014. 220p.


Resumo do Livro:

A coletânea – Abordagens etnográficas sobre educação: adentrando os muros das escolas – tem a sua originalidade marcada, exatamente, pela abordagem etnográfica de diversas dimensões do processo educativo. A partir de dois artigos que realizam reflexões teóricas e metodológicas sobre a relação entre antropologia e educação, são apresentados oito trabalhos que resultam de investimentos etnográficos de seus autores, apresentando reflexões que se originam de suas investigações. Nesse sentido, pretendemos contribuir para uma apreensão mais complexa e matizada dos fenômenos pedagógicos, contribuindo para a compreensão das dinâmicas internas à escola, em especial a escola pública, explorando as categorias e representações coletivas que informam as sociabilidades e, pela mesma via, os conflitos no interior dos muros escolares.

Antropologia Visual: Perspectivas de Ensino e Pesquisa

FERRAZ, Ana Lúcia Marques Camargo; Mendonça, João Martinho (Org.). Antropologia Visual: Perspectivas de Ensino e Pesquisa. 1. ed. Brasília: Associação Brasileira de Antropologia, 2014. v. 1. 801p.


Resumo do Livro:

Não se escreve apenas com palavras. As imagens também podem ser instrumentos poderosos na elaboração de textos antropológicos, com grande capacidade de difusão de ideias. Mas como ensinar a “escrever” textos imagéticos? Esta é a questão central a que responde o livro organizado por Ana Lúcia Camargo Ferraz e João Martinho de Mendonça. Responde por meio de textos de antropólogas brasileiras, estrangeiras e de estrangeiros que atuam em instituições brasileiras.

Baixe o livro.

Pour être quelqu’un dans la vie. Les motivations scolaires de lycéens de favelas de Rio de Janeiro

PETRY, Hélène Cécile. Pour être quelqu’un dans la vie. Les motivations scolaires de lycéens de favelas de Rio de Janeiro. 1. ed. Sarrebrück: Presses Universitaires Européennes, 2014. v. 1. 149p.


Resumo do Livro:

Les lycéens auprès de qui cette recherche a été menée savent que peu de portes sont ouvertes pour qui ne possède aucun diplôme. Pourtant, élevés dans différentes favelas de Rio de Janeiro, dans des familles peu ou pas scolarisées, les probabilités qu’ils terminent le secondaire certificat en poche sont minces. Cet ouvrage analyse les motivations personnelles qui leur ont permis de “survivre” jusque là dans le système scolaire, et leurs projets d’avenir.

Translate »